0

Você urina após fazer amor? Então precisa ler isso agora

Sabia que fazer xixi após o sexo pode evitar doenças?

Quando se pensa que tudo sobre o ator sexual foi explicado, e que todos têm conhecimento de que estão seguros, se descobre que não é bem assim.

É necessário ter a mente aberta e admitir que os estudos sérios, realizados por pesquisadores habilitados estão sempre nos trazendo novas informações, ou então confirmando os que já são conhecidos. Nesse caso se trata de um simples hábito que pode ajudar no tratamento e prevenção de doenças, apenas se lembrando de urinar após fazer amor.

Nos estudos realizados sobre os benefícios que o organismo tem quando após o ato sexual você for ao banheiro urinar. Algumas pessoas até fazem xixi às vezes por sentir vontade, mas não imaginam que podem estar protegendo o corpo de infecções que tem como causa as bactérias.

A especialista Mariana Maldonado explicou que o simples ato de fazer xixi depois de fazer sexo reduz consideravelmente os riscos de ter doenças, uma delas é a cistite.

O ato de ir ao banheiro urinar depois de fazer amor, promove uma limpeza no canal da uretra, o que faz com que as bactérias que iriam se alojar sejam expelidas com a urina. Esse benefício é importante tanto para os homens como para as mulheres por ser um “remédio” natural e preventivo que impede que seja contraídas doenças das mais leves às mais graves que afetam os rins.

Não precisa ninguém sair correndo após fazer sexo e perder o aconchego do casal de ficar abraçadinhos e curtir o momento, mas pode criar o hábito de fazer xixi tão logo seja possível.

O simples ato de urinar após o sexo, evita despesas futuras com medicamentos tendo mais saúde no trato urinário de maneira simples, ficando longe de tantas infecções que ao contrair bactérias o corpo pode sofrer.

É interessante também conversar com a pessoa que se relaciona sexualmente para fazer o mesmo, seu parceiro ou parceira poderá contribuir para que um lembre o outro.

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *