0

Pesquisadores descobrem anticorpos que podem ser eficientes contra o coronavírus

Cientistas chineses fizeram o isolamentos de vários anticorpos que eles acreditam ser “extremamente eficientes” para conseguir fazer com que possa impedir que o coronavírus entrem nas células.

Sendo uma situação de grande utilidade para conseguir tratar ou também a prevenir que a pessoa seja infectada pelo covid-19, uma ótima noticia em meio a situação que o mundo enfrenta.

No momento não existe nenhum tratamento que seja comprovado para a eficácia do tratamento e da cura do vírus, que se desenvolveu na China e está se alastrando por todo o mundo de uma maneira alarmante.

Até o presente momento, segundo os números passados pelo ministério da saúde, podendo constatar a contaminação de mais de 850 mil pessoas, além de mais de 42 mil que foram a óbito.

Zhang Linqi, que faz parte da universidade Tsinghua, em Pequim, declarou que um remédio elaborado com a presença de anticorpos, mencionando o que ele encontrou juntamente com a sua equipe.

Ele afirma que ele poderia ser usado de maneira mais eficiente do que as abordagens recentes, incluindo o que ele apelidou de tratamentos “limítrofes”, como o plasma, o plasma possui anticorpos, mas é restrito pelo tipo de sangue.

No começo do ano, a equipe de Zhang juntamente com um grupo do terceiro hospital popular de Shenzhen, iniciaram analises de anticorpos, de sangues que foram retirado de pacientes que tiveram a recuperação do covid-19.

E deixaram isolados pelo menos 206 anticorpos monoclonais que apresentaram o que ele havia descrito como uma capacidade intensa de se unir ás proteínas do vírus.

Durante uma entrevista á Reuters , foi mencionado que eles haviam feito um teste para conseguirem impedir que o vírus pudesse penetrar na célula.

De todos os anticorpos que foram testados, pelo menos 20 deles conseguiram bloquear a entrada viral, e desdes testes realizados, dois deles foram obtidos resultados “imensamente bons”.

Após isso a equipe está se empenhando para conseguir identificar os anticorpos que são mais poderosos e se possível fazer a sua combinação reduzindo o risco do vírus sofrer transformações.

Se tudo seguir como eles planejam, os desenvolvedores que se interessassem poderiam fazer a produção em grandes quantidades para começar usar em testes, começando com os animais e mais para frente com os humanos.

Conforme declarado por Zhang, a importância dos anticorpos foi comprovadas no mundo da medicina há varias décadas, podendo ser utilizadas para o tratamento do câncer, das doenças autoimunes e também das infecciosas.

Mas é preciso esclarecer que os anticorpos não são como uma vacina, mas pode haver a possibilidade de serem aplicados em pessoas que estão na lista de risco, com o intuito de impedir que ele possam contrair o coronavírus.

Na maioria das vezes não ocorrem em menos de 2 anos para que o remédio consiga a aprovação para serem usados em pacientes, mas com essa grande pandemia do coronavírus que o mundo está enfrentando pode haver uma certa urgência nesses testes.

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *