0

Meningite Meningocócica: tudo sobre a doença que matou o netinho do ex-presidente Lula

O neto do ex-presidente Lula morreu nesta sexta-feira, dia 1º de março, devido a uma meningite meningocócica. O menino será enterrado neste sábado e os advogados do petista tentam, na Justiça, uma autorização para que ele possa deixar a sede da Polícia Federal, em Curitiba e comparecer ao sepultamento do netinho.

A meningite meningocócica é um tipo raro de meningite bacteriana e causa uma grave inflamação nas membranas responsáveis por cobrirem o cérebro, o que gera uma febre alta, forte dor de cabeça, além de náuseas.

A meningite meningocócica atinge principalmente idosos e crianças, mas pode aparecer em adultos que estão com o sistema de imunidade debilitado.

A doença tem cura, porém, é preciso que o tratamento seja iniciado o quanto antes, do contrário o paciente pode ficar com sequelas graves ou ir a óbito. Por causa disso, quando há qualquer suspeita, é preciso ir ao médico o quanto antes.

Entre os principais sintomas estão: febre acima de 38°, dor de cabeça muito forte, náuseas, vômitos, nuca rígida e grande dificuldade para virar o pescoço, cansaço excessivo, intolerância à luz e a qualquer tipo de ruído e manchas roxas pela pele.

O tratamento da meningite meningocócica é feito com injeção de antibióticos na veia, por cerca de 7 dias. Familiares e amigos devem usar máscaras, pois a transmissão da doença ocorre através das secreções respiratórias.

Vale lembrar que a proteção se dá através das vacinas para meningite, que estão inclusas no calendário de vacinação das crianças.

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *