0

Mãe do piloto de acidente com Boechat morre três dias após o filho

A mãe de Ronaldo Quattrucci, piloto de helicóptero que caiu no Rodoanel e vitimou o jornalista e colunista da ISTOÉ Ricardo Boechat, morreu três dias após o trágico acidente. A informação foi publicada neste sábado (16) pela filha do piloto, Amanda Martinez, em sua rede social. Segundo o relato de Amanda, Philomena tinha uma doença terminal e nem chegou a receber a notícia da morte do filho.

“Quando meu pai estava sofrendo com sua doença terminal, a vida nos surpreende e Deus o levou três dias antes dela. Você não a viu ir e ela não chegou a saber da sua partida e agora continuam juntos em outro plano.” escreveu.

Ronaldo Quattrucci, 56 anos, foi o piloto que conduzia o helicóptero que levava o jornalista Ricardo Boechat, na tarde da última segunda feira (11), quando aconteceu a fatalidade.

O piloto era dono da empresa proprietária do helicóptero, a RQ Serviços Aéreos Especializados Ltda.

Segundo a Associação Brasileira de Pilotos de helicóptero (Abraphe), Quattrucci “seguiu à risca as normas de segurança até o último momento, na tentativa de preservar a vida da tripulação à bordo do helicóptero”

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *