0

Globo dispara ‘chumbo grosso’ contra Bolsonaro, mas recebe derrota histórica

A Globo decidiu disparar, diariamente, “chumbo grosso” no caso Queiroz. Nessa sexta-feira, 19 de janeiro, o canal voltou a dedicar amplo tempo dos seus telejornais para falar sobre o pedido do Senador Flávio Bolsonaro, filho de Jair Bolsonaro, ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Flávio, que foi eleito dizendo que com ele e o seu pai, o presidente Bolsonaro, o foro privilegiado iria acabar, pediu justamente ao STF que levasse em conta o seu foro. Ele solicitou a anulação das provas colhidas pelo Ministério Público diante do caso, já que a entidade não teria pedido ao Tribunal para apurar os supostos crimes de Queiroz.

Irritado, Flávio Bolsonaro não tem se comunicado com a TV Globo nem por meio de nota. Na Record TV, ele deu uma entrevista dizendo que não quer “regalias” por ser filho do presidente, mas que também não pode ser prejudicado pelo Ministério Público, que estaria agindo de maneira estranha ao não seguir supostas regras.

O MP lembrou que quando a apuração foi protocolada Flávio não era Senador e, por isso, a prerrogativa de solicitar investigação por meio do STF não era necessária.

Se a Globo lança “chumbo grosso” de um lado, a família Bolsonaro lança do outro. Além de ter boicotado a Globo em entrevistas, os Bolsonaros estão cada vez mais parceiros da futura concorrente do canal na televisão a cabo.

Ainda na sexta, Bolsonaro teve um encontro com representantes da CNN. A criação do canal jornalístico é uma derrota para Globo, pois tem tudo para tirar o brilho dela de maior produtora de jornalismo com a Globo News.

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *