0

Uma simples maneira de resolver os problemas de sono de uma vez por toda

Dormir é essencial para uma boa saúde e bem-estar.

É o momento sagrado em que temos a oportunidade de descansar e renovar as energias.

Acontece que nem todo mundo consegue ter uma boa noite de sono e, talvez, você seja uma dessas pessoas.

O motivo?

Temos vários palpites!

Se não for insônia, talvez seja a forma como você está dormindo ou dores que já sente.

Uma posição ruim pode fazer com que você acorde de madrugada sentindo muita dor.

E, se você já sofre com algum tipo de desconforto, não deve se deitar em qualquer posição.

Portanto, separamos uma lista do que você deve evitar para dormir melhor:

1. Dor no ombro

Dormir virado para o lado esquerdo é, segundo especialistas, a melhor posição.

Mas, se sofre com dor no(s) ombro(s), não durma de lado.

Neste caso, o ideal é dormir de barriga para cima, assim os ombros podem ficar parados e sem carregar o peso do corpo.

Outra opção, não muito recomendada, é dormir da barriga para baixo, mas isso pode causar dor no pescoço – cuidado!

2. Dor nas costas

Se o problema for este, é bom ver se o colchão não está muito velho ou macio demais.

A melhor posição para dormir quando se sente dor na coluna é com a barriga para cima.

Coloquei um travesseiro abaixo das pernas e uma toalha enrolada debaixo da cintura, isso permite maior estabilidade para o corpo.

Quem gosta de dormir de lado, o recomendado é a postura fetal.

Basta colocar um travesseiro pequeno entre as pernas, assim evita forçar o quadril e sobrecarregar a parte inferior das costas.

4. Dor no pescoço

Este tipo de dor incomoda muito.

A melhor posição é dormir de barriga para cima.

Se prefere dormir de barriga para baixo, use travesseiro na cabeça e um em cada braço – procure os ortopédicos.

Caso prefira dormir de lado, procure um travesseiro de até 15 cm de espessura.

As dicas não param por aqui!

Para garantir uma boa noite de sono, aconselhamos:

– Não dormir mexendo no celular ou lendo um livro

Por mais tentador que seja, não é bom estimular o cérebro antes de se deitar.

As luzes dos dispositivos eletrônicos, por exemplo, afetam completamente a qualidade do sono.

Aproveitando, queremos lembrar que bebidas energéticas também são proibidas antes de dormir.

Então fuja do café, refrigerante, bebida alcoólica…

– Controlar a temperatura do quarto

Dormir no calor ou no frio exagerado é ruim.

Uma temperatura de 22º C é o suficiente para nosso bem-estar.

– Ajustar o alarme para tocar todos os dias exatamente na mesma hora

Estamos falando isso, incluindo os fins de semana, se você precisa acordar cedo.

É claro que quem se levanta muito cedo, deve dormir cedo também.

– Dormir numa posição adequada para não roncar

Se você ronca, não pode dormir de costas, por exemplo.

Isso porque acaba criando um obstáculo para o fluxo correto do ar.

Garanta um bom travesseiro, ou seja, não muito macio, pois faz com que a cabeça se incline para trás.

O ideal é usar um travesseiro extra, assim se evita que a língua volte e você ronque.

Procure dormir de lado, para que o fluxo de ar não seja interrompido.

Pode até parecer estranho, mas é bom fazer movimentos com a língua para fortalecer os músculos e evitar o ronco.

– Faça atividades para evitar cãibras

Cãibra é uma dor muscular que costuma aparecer à noite, quando estamos dormindo.

Apesar de atingir as penas principalmente de pessoas sedentárias, os atletas não estão imunes.

A causa pode ser o excesso de atividade física ou a falta dela, o estresse e a carência de alongamento.

Para evitar, faça ioga ou uma massagem antes de dormir.

Como já dissemos, a noite maldormida pode ter várias causas:

– Problemas digestivos: recomendamos dormir para o lado esquerdo com um travesseiro alto.

– Ansiedade: aconselhamos fazer uma massagem nos pés antes de dormir.

– Estresse: procure beber um chá relaxante durante o dia.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *