0

Chá de limão e mel: conheça os benefícios e como fazer

Não é à toa que o chá de limão e mel é um dos primeiros que se pensa quando precisa de um alívio para gripe, resfriado e dor de garganta. Esses ingredientes são realmente bons para a saúde, além do mais, um chazinho quente sempre traz mais conforto. Você pode fazer esse chá só com água, limão e mel, ou pode adicionar outros ingredientes para potencializar o efeito. Veja quais são os benefícios do chá de limão com mel e como preparar algumas receitas.

Benefícios para a saúde: O limão é uma fruta recomendada para consumo diário. A famosa água com limão em jejum, ou ao longo do dia, é uma boa opção para deixar o sangue mais alcalino, prevenindo as doenças que surgem quando o sangue está muito ácido. Além do mais, o limão é uma fruta rica em vitamina C, essencial para fortalecer o sistema imunológico.

O limão também é um bom antioxidante, que previne doenças inflamatórias, o envelhecimento precoce e ajuda a desinchar o corpo. Atua no processo de cicatrização, trata anemia e alivia dores reumáticas, desde que consumido dentro de um plano alimentar saudável.

Quanto ao mel, ele é um ótimo anti-inflamatório que vai ajudar a aliviar as dores de garganta. Ao mesmo tempo, ao passar pela garganta, ele fica um pouco preso porque é muito espesso, então cria uma camada protetora que ajuda a não tossir tanto. A garganta nunca fica seca. Apenas devem ter cuidado as pessoas que não podem consumir açúcar em excesso, pois ele é basicamente açúcar, mesmo sendo natural.

Além desses benefícios relacionados aos problemas respiratórios, o mel também ajuda a aliviar as dores de úlceras e a tratar problemas gastrointestinais. Ele faz bem para o intestino e para o estômago, servindo de alimento para as bactérias boas que compõem a microbiota intestinal e fortalecem o sistema imune.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *