0

Chá de ervas: regenera a cartilagem e combate a osteoartrite

A cartilagem é a melhor aliada do sistema ósseo, pois é o tecido responsável pela proteção dos ossos e articulações contra danos causados por atrito ou impacto. Todavia, com o tempo, pode ocorrer a degeneração da cartilagem, algo que é muito comum.

Esse desgaste pode acontecer devido ao envelhecimento, má nutrição e também à prática excessiva de atividades físicas sem os devidos cuidados. No caso do envelhecimento, surgem doenças como a osteoartrite.

O que é osteoartrite: A osteoartrite é a forma mais comum de artrite e ocorre quando a cartilagem protetora que amortece as extremidades dos ossos desaparece com o tempo. Embora essa condição possa afetar qualquer articulação, é mais comum atingir as articulações das mãos, joelhos, quadris e coluna vertebral.

Segundo a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), a osteoartrite atinge principalmente as mulheres, sendo mais comum após os 60 anos, aumentando com o tempo.

Ainda de acordo com a SBR, aos 75 anos, 85% das pessoas têm evidência radiológica ou clínica da doença, mas somente 30% a 50% dos indivíduos com alterações observadas nas radiografias queixam-se de dor crônica.

A osteoartrite, conforme dados da SBR, é responsável por 7,5% de todos os afastamentos do trabalho, é a segunda doença entre as que justificam o auxílio-inicial, representando 7,5% do total; é a segunda também em relação ao auxílio-doença (em prorrogação), com 10,5%; e é a quarta a determinar aposentadoria (6,2%).

Sintomas da osteoartrite: Os sintomas dessa patologia se desenvolvem de maneira lenta, porém, com o tempo, a tendência é piorar.

Os sinais mais comuns da osteoartrite incluem o seguinte:
Dor: certamente você vai sentir dores nas articulações afetadas durante ou após o movimento.
Rigidez: essa condição poderá ser sentida frequentemente ao acordar ou depois de ficar inativa.
Sensibilidade: a articulação poderá ficar macia quando você faz um pouco de pressão nela ou em uma região próxima.
Perda de flexibilidade: é bem provável que você não consiga mover a articulação por toda a sua amplitude de movimento.
Sentimento estridente: poderá sentir uma sensação de chiado ou ouvir um som de clique ao usar a articulação.
Osteófitos: são pedaços extras de ossos que parecem duros e podem se formar ao redor da articulação afetada.
Inchaço: pode ser causado pela inflamação dos tecidos em volta da articulação.

É possível regenerar a cartilagem?: Recuperar o tecido para o seu estado original é uma tarefa difícil. No entanto, existem diversas dicas para manter os ossos fortes e saudáveis.

É possível promover a regeneração da cartilagem através de uma dieta rica em vitaminas, minerais e também a inclusão de colágeno em sua dieta. Além disso, é possível evitar o desgaste e aliviar os sintomas com remédios naturais. Como é o caso do chá que ensinaremos a seguir, com várias ervas medicinais que favorecem a saúde das articulações.

Chá de ervas para regenerar a cartilagem: É possível promover a regeneração da cartilagem com uma infusão saudável e eficaz. Este chá é composto por ervas com propriedades anti-inflamatórias, que auxiliam na regeneração da cartilagem do quadril e dos joelhos.

Ingredientes:
– 1 colher (sopa) de hortelã-pimenta
– 1 colher (sopa) de alecrim
– 1 colher (sopa) de tomilho
– 1 colher (sopa) de sálvia
– 1 litro de água

Modo de preparar:
1- Coloque a água em uma panela, adicione as ervas e ferva por cinco minutos.

2- Retire do fogo, tampe a panela e deixe em infusão por mais cinco minutos.

3- Depois coe, coloque em um recipiente (de preferência de vidro) e armazene na geladeira.

4- Recomenda-se tomar duas xícaras deste chá por dia: a primeira, em jejum; e a segunda, antes de dormir.

5- Caso queira adoçar, opte por usar mel orgânico, devido às suas inúmeras propriedades.

Faça o tratamento por três semanas seguidas e comece a sentir a diferença em seus ossos, que estarão mais fortalecidos. Importante: Quando a dor aliviar, evite, mesmo assim, fazer esforços intensos.

Procure fazer um acompanhamento de sua cartilagem com um ortopedista. A partir daí, ele poderá autorizar o aumento da sua atividade física.

Benefícios da hortelã-pimenta: O óleo essencial de hortelã-pimenta tem ação analgésica, sendo eficaz no relaxamento muscular, para acalmar dores nas costas e na cabeça.

Segundo estudo da MLN Medical College, Allahabad, Índia, o óleo essencial de hortelã-pimenta ajuda a aliviar dores associadas à fibromialgia e à síndrome da dor miofascial.

Benefícios do alecrim: O alecrim possui dois excelentes anti-inflamatórios, o ácido carnósico e o carnosol. Esses compostos são eficazes na redução da dor e da inflamação em pessoas com artrite reumatoide e osteoartrite. Além disso, a erva também tem propriedades analgésicas que ajudam a reduzir as dores musculares.

Benefícios do tomilho: O tomilho estimula a circulação e relaxa os músculos rígidos, amenizando as dores nas articulações. Além disso, contém timolol,substância que reduz o formigamento e a inflamação.

Benefícios da sálvia: A sálvia contém vitamina K, que auxilia na saúde óssea. A deficiência dessa vitamina pode causar enfraquecimento dos ossos, ocasionando fraturas. A erva possui também flavonoides e terpenos, compostos com ação anti-inflamatórias e analgésica.

Após o consumo dessa infusão de ervas, você vai sentir seus joelhos mais fortalecidos e livres das dores. Além disso, vai sentir uma melhora no quadril e em toda a região lombar.

Este é um blog de notícias que contém tratamentos caseiros. Eles não substituem um especialista. Consulte sempre seu médico.

Matéria bônus: 15 benefícios do limão para sua vida. Assista o vídeo e se inscreva no nosso canal

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *