0

Bolhas nas mãos e nos pés podem ser sintomas de disidrose

O que é Disidrose? Disidrose é uma condição de pele caracterizada pelo aparecimento de pequenas bolhas que parecem cheias de água nas mãos e pés – mais comumente nas palmas das mãos, lados dos dedos e na sola dos pés.

As bolhas não surgem em outras partes do corpo:

Também chamadas de vesículas, as bolhas da disidrose causam coceira intensa. Após duas a três semanas em média elas secam, e a pele pode descamar até o seu desaparecimento.

Elas podem aparecer novamente, às vezes até antes do seu desaparecimento completo. É importante ressaltar que por mais que elas causem um incômodo estético, elas não são transmitidas de pessoa para pessoa.

A disidrose é uma condição incomum, decorrente de uma reação alérgica.

Causas: Ainda há muita discussão sobre as possíveis causas da disidrose. Por muito tempo achou-se que elas ocorriam devido algum problema nas glândulas presentes nas mãos e pés.

Contudo, após biópsias nos pacientes, foi constatado que o funcionamento das glândulas era normal.

Hoje é mais aceito que o problema esteja relacionado à alguma alergia, que pode ser por: Contato com alguma substância (perfume, produtos de limpeza, cremes e outros), mesmo que não sejam utilizados na região que está apresentando os sintomas Por inalantes (como cheiro de tinta, solventes, material de construção etc.) Alimentos Medicamentos, que causariam os sintomas mais intensos e com maior extensão.

Outra reação alérgica que pode estar relacionada à disidrose é por fungos. Este tipo acontece mais na região dos pés e um exemplo bastante comum é a micose. Logo, nestes casos a pessoa pode ter apenas uma micose ou uma disidrose secundária, que pode ser confirmada com um exame micológico.

Ela também está relacionada ao estresse emocional, em que os sintomas tenderiam a surgir em épocas de maior estresse na vida da pessoa.

Por vezes ela ainda pode ficar crônica, ou seja, com os sintomas aparecendo repetidas vezes mesmo com o tratamento, o que geralmente significa que a pessoa ainda não identificou a causa da alergia e acabou entrando em contato com ela novamente.

Fatores de risco Os fatores de risco para disidrose mais aceitos incluem: Estresse Exposição à certos metais como cromo, cobalto e níquel Pessoas que apresentam erupções cutâneas depois de ter contato com certos irritantes Pessoas com dermatite atópica Pessoas com rinite alérgica.

Sintomas de Disidrose: Os sintomas da disidrose são muito característicos, marcados pela presença de pequenas bolhas que parecem cheias d’água nas mãos e nos pés.

Normalmente o sintoma se concentra na palma das mãos e na lateral dos dedos, assim como nas solas dos pés. Em casos mais graves e extensos ela pode atingir quase a totalidade das mãos e pés.

Essas bolhas, cujo nome técnico é vesículas, não surgem em outras partes do corpo além destas. Elas são da cor da pele ou levemente avermelhadas, e podem gerar coceira – mas não em todos os casos. Também pode existir uma leve dor ou incômodo no local.

Outro fator importante é que quando as vesículas começam a regredir a pele do local descama.

Buscando ajuda médica: O especialista mais recomendado para diagnosticar e tratar a disidrose é o dermatologista.

Você deve procurá-lo caso apresente estes sintomas ou erupções cutâneas por vários dias que não somem sozinhas.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Fonte:Dicas

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *