0

Após fazer post comovente sobre câncer terminal, ‘baterista’ do The Cure morre

O site NME publicou nesta terça-feira (26) que o ex-baterista do The Cure Andy Anderson morreu aos 68 anos.

No último dia 17 de fevereiro, o músico havia usado suas redes sociais para avisar aos fãs que estava com câncer terminal.

Anderson integrou a banda nos anos de 1983 e 1984, quando o então baterista Lol Tolhurst, resolveu trocar a bateria pelo teclado. O músico participou de grandes gravações do quinto disco da banda “The Top”. Ele ainda marcou presença nas canções “Love Cats” e “The caterpillar”, além de uma participação no álbum ao vivo “Concert: The Cure live”.

Antes de integrar a banda, o baterista já havia tocado para o vocalista do grupo Robert Smith, em seu projeto paralelo, intitulado The Glove, quando acabou sendo responsável pelo instrumento no álbum “Blue Sunshine”.

Após se desligar do The Cure, Anderson tocou com outros artistas de renomes, como Iggy Pop. A notícia sobre a morte do baterista veio através de amigos, que divulgaram o ocorrido nas redes sociais. Tolhurst foi um dos que lamentou a morte do amigo ao escrever: “É com um coração pesado que eu tenho que reportar a morte de um irmão de Cure”.

E continuou o desabafo: “Andy Anderson foi um verdadeiro cavalheiro e um grande músico com um afiado senso de humor, mantido até o fim, um testamento a seu lindo espírito na última jornada. Nós somos abençoados de tê-lo conhecido.”

Ao escrever sobre sua doença o baterista se disse ciente de sua situação, apesar de não poder fazê-la voltar. Anderson também pediu para que as pessoas não tentassem ressuscitá-lo.

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *